23 de abril de 2007


Caber em mim                                                       





Só necessidade de repetir algumas coisas...

______Talvez eu não caiba em mim mesma. Uma explosão de sentidos, de vontades. Queria voar... Alcançar os mais altos céus! Muitas vezes o tempo me oprime, não queria que ele existisse, ou que sua relatividade, fosse realmente relativa.

______Muitas vezes desejo ser duas, mas acho que não adiantaria, porque dividir os sentimentos, também não ia ser bom. Às vezes não sei se sou grande em um mundo pequeno, ou pequena num mundo imenso, mas ainda não estou totalmente adequada a ele. Muita coisa me indigna. A perda da capacidade das pessoas de se indignar a banalização do anormal. A falta de respeito pela vida alheia. Tento fugir das verdades alienantes. Na realidade, de qualquer verdade... Se é que essa palavra exterioriza ela própria...

______O que é uma verdade?! Ou que for pra mim, não será para outro, então... Será verdade mesmo?! Respeito acima de tudo! Acredito no que está em mim, de dentro pra fora, no amor que sinto, por todos aqueles que amo, na minha vontade de mudar o mundo mesmo caminhando sozinha muitas vezes, no meu desejo de paz, pra mim, pra minhas relações e pra todos!

"Não devemos ter medo dos confrontos. Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas."

Por Laila Braga 16:20

|








0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link