21 de março de 2007


Lá fora                                                       


Depois de ter abandonado esse lugar, estou de volta. Tive bons motivos para o sumiço, porém não convém explicar agora.


Estive a olhar o mundo lá fora

e ver como nada por lá se altera com facilidade.

É impressionante a capacidade que as pessoas têm de mudar

o tempo todo para as mesmas coisas que um dia foram.

Eu me pego imaginando:

Será que eu também mudo pra mesma coisa?

Como é fácil ficar de fora e olhar para os outros.

Com é assustador olhar pra gente

e perceber as coisas que são patéticas nos outros.

Medo de ser ridículo é tão... Tão... Ridículo.

Envolvo-me, eu e meus pensamentos por aqui...

Falta, falta, falta...

Clarice Lispector certa vez falara

sobre uma tal de terceira perna.

Acho que me sinto assim agora.

Sem a minha desnecessária terceira perna

que me dava um equilíbrio.

Manias que a gente tem de se apoiar em algo.

Eu não me encontro nostálgica,

nem triste,

nem feliz...

Entro-me em meu pior estado.

Estou completamente "não sei".

Dá-me arrepios isso.

Parece que eu estou aqui falando sozinha,

mas direcionando pra alguém...

Ah, como eu queria ter você de volta ao meu lado.

Não como antes.

Não como agora...Como alguma coisa que nunca foi...


"Sou boneca, sou palhaço, ponto de interrogação"

Por Laila Braga 16:58

|








0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link