6 de julho de 2006



Como o poeta disse um dia: “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”
.
Às vezes não há como fugir ou evitar, não há nada nem ninguém capaz de mudar ou impedir as surpresas preparadas pelo destino!
Às Vezes..
Encontrar,
Desencontrar,
Saber,
Ver,
Conhecer,
Beijar,
Rir,
Chorar,
Namorar,
Ligar,
Abraçar,
Amar,
Odiar,
Ir,
Voltar,
Ser feliz...
São 'detalhes' simplesmente inevitáveis!!!


Faça valer a pena sempre...
Eu venho tentando fazer...



"A gente corre, corre, corre, mas o bom mesmo é ficar parado..."

Por Laila Braga 15:36

|








0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link