9 de julho de 2006



Achei que pra chegar ao paraíso só precisa de minhas pernas e vontade de viver...
Contando as horas e os passos.
Espero-te chegar.
Faz frio.
Os sons que escuto
Acalmam as ouvidos
Mais não a alma.
Endureço sem quebrar.
Já estou com o pé na estrada.
Nada será como antes.
Junto com o perdão
E o fim,
Trago a cor
Das pétalas de flores.
Procuro o perdão do silêncio,
Mas esse nunca o conseguirei,
Talvez porque minha mente
Não o queira
Com força suficiente
Para o universo
Concretizar.
O que dizer?
Apenas Te Amo
E não há como explicar.
Venho tentando fazer vale a pena,
Por favor,
Não quebre a corrente
Tente não me decepcionar.
"Eu tenho certeza, a nossa história não termina agora"
Estamos sós,
E no começo... Contando as horas e os passos.



"O amor nem sempre é uma linha reta"



Por Laila Braga 14:15

|








0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link