9 de julho de 2009


Desculpem-me o sumiço! Processos de provas finais da faculdade, uns dias para o descanso, preguiça acumulada e o blog fica sem atualizações...

Aí está à nova postagem e um pequeno merchandising para a cantora baiana Andréa Martins, da qual tenho ouvido bastante nos últimos dias...

Baixar:
♪♫Andréa Martins - Tanto Mar♪♫

Foto: Bruno di Celio


Descrição de Um Sonho.

Sou parte de uma coisa que não sei dar nome:
É parte arco-íris e lado oposto vazio; é parte flutuante e acima maré; é parte cheiro e abaixo frio; é parte pecável e mistura de santidade; é parte delirante; é um todo delirante.

Emana de uma velocidade rumorosa, mas com freios robustos que simplesmente cessa com a velocidade fazendo com que tarde a voltar agitar.
Envolve-se em uma nebulosa de arco-íris vazios com certa tendência a flutuar em grandes marés de cheiros gélidos, e frios pelos pecados cometidos por santos que em delírios se exauriram de funções maquiavelicamente impostas; recobra o movimento que de lentamente passa a decolar e rumorejar.

Sou parte de uma coisa sem nome, sem sentido, sem face ou forma. Sou meramente parte das coisas que foram jogadas ao vento; nem caos, nem jardim, nem uma coisa que mereça preocupação... Todas as partes se integram nessa passagem enferma e desaparecem ao cair do dia quando o sol paira sobre um meio céu ressequido e levemente avermelhado...

Construção... Chulamente construção

"C’est avec les beaux sentiments
que l’on faít la mauvaise litterature." (Gide)

Por Laila Braga 00:58

|








0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link